Pesquisar neste blog

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Invitation to Attend Social Entrepreneurship Institute



From: Rachel Turkel <rturkel@uniteforsight.org>
Date: 2013/10/3
Subject: Invitation to Attend Social Entrepreneurship Institute




Dear Rodrigo,

I hope that this email finds you well!  You and your colleagues may be interested in attending the Social Entrepreneurship Institute on Friday, December 6, 2013, at the Shubert Theater in New Haven, Connecticut.  Presented by Unite For Sight, the Social Entrepreneurship Institute provides mentoring, guidance, and successful strategies for participants to apply to their work in global health, social entrepreneurship, and international development.  In addition to unique interactive sessions by leaders in global health and social entrepreneurship, the Institute also includes breakfast, lunch, and dinner networking receptions with the speakers.

Space is limited, and early registration is encouraged. A very reduced early bird registration rate is offered through October 15.  We would appreciate it if you could also please forward this message to others who may be interested in attending.

The confirmed Social Entrepreneurship Institute speakers are:

  • Keynote Address
    • "Rethinking Social Entrepreneurism: Moving from Bland Rhetoric to Impact," Ned Breslin, CEO, Water For People
  • Key Lessons From Innovators in Global Health and Social Entrepreneurship
    • "Growing an NGO and Making Systemic Change," Jane Aronson, MD, CEO, Founder, Worldwide Orphans Foundation; Clinical Assistant Professor of Pediatrics, Cornell Weill Medical College and Columbia University; Global Health Center, Mt. Sinai School of Medicine
    • "Business with a Mission: Do You Have What It Takes?" Ron Bills, Chairman and CEO, Envirofit International
    • "Breaking Cultural Barriers: Design with Empathy," Will Harris, Designer, Design that Matters
  • Building an Effective Organization
    • "Global Health 2.0: Creating Health Care Systems in the World's Most Impossible Places," Mark Arnoldy, Executive Director, Nyaya Health
    • "City Health Works: Creating Sustainable Jobs in Communities that Struggle with Chronic Disease," Donya A. Williams, Director of Operations, City Health Works
    • "Launching a Tech Startup with a Social Mission," Jen Chiou, Executive Director, Crisis Text Line
  • Measuring Impact
    • "Quantity and Quality: Integrating Monitoring, Evaluation and Quality Improvement for Action and Impact," Lisa Hirschhorn, Monitoring, Evaluation, and Quality Improvement Director, Partners In Health
    • "Creating and Applying Evidence to Tackle Health and Poverty Problems," Annie Duflo, Executive Director, Innovations for Poverty Action
    • "The Challenges of Measuring Impact and the Strategies to Overcome Them," Salimah Walani, Director, Global Health Programs, March of Dimes
  • Reaching Potential: How to Successfully Scale
    • "Let's Be Honest: What it Takes to Grow a Successful Organization," Debra Eschmeyer, Co-Founder and Vice President of External Affairs, FoodCorps
    • "Leveraging the Marketplace and a For-Profit Model to Maximize Impact," Rodney North, The Answer Man - Information for the Public and Media, Equal Exchange Coop
    • "Tools and Strategies for Staying True to Mission," Sophie Faris, Community Development, B Lab
Complete details and the Institute schedule can be seen at http://www.uniteforsight.org/institute/

 Rachel Turkel.
 from Unite For Sight Conference Announcements.

domingo, 29 de setembro de 2013

Arte e Terapia - Vestido de Primavera para Gladys Soares Gama, artista circense e Oficineira em Escola Pública - Búzios - pernas de pau - by @rodrigodorje


... base para fantasia de coruja feia com sombrinhas encontradas nas ruas em dias de chuva e vento forte em Armação dos Búzios... Chapéu de manta térmica refletora e forro de tecido de roupas reutilizadas... 







Gladys Gama  Soares
Artista circense e Educadora Social




Chapéu da primavera e base de capa de chuva para fazer o corpo de uma coruja.

CUSTUMIZAÇÃO : Arte e Terapia ao alcance de todos. Jaqueta transformada em mochila.

Nesse sobe e desce de ir à Praia de Geribá e Ferradurinha, o que não pode ficar de fora é uma boa coleção de bolsas e mochilas. Foi então que decidi transformar uma jaqueta de estimação em uma mochila super stilist. A custumização é uma Terapia Integrativa Complementar pois desenvolve a arte que está escondida entre o seu potencial latente de transformar o mundo.

Material:
Tesoura para cortar jeans.
Nylon fino para até 60 kilos
Agulhas (fiz a maior parte manual mas pode ser toda feita à mão)
Máquina de costura caseira (tipo Singer Promise)
Linha Corrente









sábado, 21 de setembro de 2013

Confira Bodygenics - Suplementação Alimentar e Fisiculturismo

facebook

Confira Bodygenics - Suplementação Alimentar e Fisiculturismo


Você compartilhou o seu email com Bodygenics - Suplementação Alimentar e Fisiculturismo que sigeriu a você curtir sua página no Facebook

Cadastre-se no Facebook se você deseja curtir Bodygenics - Suplementação Alimentar e Fisiculturismo e conectar-se a outros amigos. Ou, você pode simplesmente visualizar a página.
Bodygenics - Suplementação Alimentar e Fisiculturismo
Para ser um Consultor ou Promotor clique aqui! http://bodygenics.com.br Utilize o ID: 6272 e Seu CPF. Cadastro GRATUITO! Para adquirir produtos acesse http://bodynet.com.br/rodrigodorje
97 likes · 0 talking about this

Sign Up for Facebook
View Page
This is Spam
Essa mensagem foi enviada para olhoirado.atic@blogger.com. Se você não deseja receber esses e-mails do Facebook no futuro, Cancele a inscrição.
Facebook, Inc., Attention: Department 415, PO Box 10005, Palo Alto, CA 94303

sábado, 24 de agosto de 2013

Terapia Reiki - ALGUMAS POSIÇÕES PARA IMPOSIÇÃO DE MÃOS by @rodrigodorje

ALGUMAS POSIÇÕES PARA IMPOSIÇÃO DE MÃOS


POSIÇÃO 01

Com as palmas levemente apoiadas sobre a testa, polegares na base do cepto nasal, cobrindo os olhos com os dedos.
Auxilia no tratamento de distúrbios provenientes do stress, ansiedade, depressão, insônia e a confusão mental, clareando os processos do pensamento e ampliando a capacidade de concentração e memorização.
No plano físico auxilia na recuperação dos distúrbios da visão, sinusite, renite, cefaléia e distúrbios neurológicos, devido a sua profunda ação tranquilizante.
Promove a conexão com a sabedoria interior, o relaxamento e a criatividade; traz à  tona os conteúdos inconscientes para que sejam trabalhados e resolvidos pela mente consciente. 
POSIÇÃO 02
Palmas das mãos sobre as têmporas, dedos esticados em direção ao maxilar, sem cobrir as orelhas, mas caso haja necessidade, cubra-as com as palmas arqueadas e dedos em direção da nuca, de modo a não causar desconforto.
Esta posição promove o equilíbrio entre os hemisférios cerebrais e auxilia no tratamento da labirintite. 
POSIÇÃO 03
Palmas sustentando confortavelmente a cabeça, dedos tocando a base do crânio.
Desenvolve a lucidez, gera serenidade e estimula atividades intelectivas.
Alivia o stress, a tensão muscular e libera pinçamentos na coluna cervical.
Esta posição pode ser acompanhada de uma leve massagem nos pontos bilaterais que chamamos de Fu Chi, na base do crânio. Na Moxabustão eles são utilizados para tratar dor de cabeça semicraniana ou geral, além de distúrbios da visão, hipotensão arterial, otite, tontura, diabete, etc.
Atua sobre o hipotálamo e glândula pineal. 
POSIÇÃO 04
Palmas sobre a garganta ou cruzadas sobre o maxilar com os antebraços cobrindo os ouvidos.
Atua sobre o funcionamento da Tireóide, coluna cervical, problemas da dicção, nervosismo, repressão, timidez, opressão, instabilidade emocional, dificuldade de expressar-se em público, rigidez corporal, ressentimento e insegurança.
É a região conhecida como chakra da garganta, que segundo as tradições esotéricas é o responsável pela comunicação com os planos superiores e ‘canalizações da voz interior’.
 
POSIÇÃO 05
Com as palmas posicionadas sobre a região da glândula timo e a extremidade inferior do osso externo.  Esta posição aumenta a energia do chakra cardíaco e a defesa imunológica do organismo, trata traumas emocionais como a depressão, melancolia e apatia.  
POSIÇÃO 06
Depois em forma de T invertido, que também atua sobre o Timo, mas principalmente sobre o ponto de energia chamado DAN CHU, utilizado na terapêutica chinesa para o tratamento da agaláctica (falta de leite) e mastite (inflamação das glândulas mamárias). Favorece o trato respiratório, palpitações, arritmia, etc. 
POSIÇÃO 07
Posicione as mãos na região do diafragma, um pouco abaixo do coração. Após o tempo necessário, desça um pouco mais e cubra a região correspondente ao fígado, vesícula biliar, estômago, baço, pâncreas, cólon, intestino. 
POSIÇÃO 08
Posicione as mãos na altura da cintura, isto atua sobre os rins,  glândulas supra-renais, intestino grosso e delgado, bexiga, útero e ovários.  
Esta aplicação é eficaz em casos de pânico, histeria, tristeza, apego excessivo, avareza, falta de criatividade. Aumenta a autoconfiança. 
POSIÇÃO 09
Posicione as mãos de modo que as palmas cubram a região que fica 4 dedos abaixo do umbigo. Segundo a tradição chinesa este ponto é conhecido como KAN GUEN (Fonte da Vida). Esta posição atua sobre todos os distúrbios no abdômen, auxilia nos processos da drenagem linfática, liberação de toxinas, prisão de ventre ou diarréia.  Trata os medos relacionados à vida ou a morte como também traumas ligados a sexualidade. Promove a longevidade. 
Esta posição possui duas variações. Na primeira apóie as mãos do paciente sobre os órgãos sexuais e aplique a energia a uma distância de 1cm. Na segunda opção apóie os polegares na altura do osso púbico, mantendo os punhos apoiadas sobre o ilíaco e os dedos apontando em direção aos pés.
Beneficia no trato das disfunções sexuais, gônadas, ovários, próstata, testículos, vesícula seminal.
Aumenta a auto-estima, a segurança interna, tranqüilidade, confiança nas próprias decisões. Realiza a estabilidade e auxilia pessoas com disfunções motoras. 
POSIÇÃO 10
Os joelhos estão energeticamente conectados ao ‘coração’ e promovem a liberação de bloqueios emocionais. Eles representam a nossa flexibilidade para dissolver impasses e desenvolve a humildade que precisamos ter para que possamos “nos curvar” perante certas situações. A imposição de mãos sobre as articulações tratam emoções como o orgulho e o medo da morte, promovem a descontração de músculos, tendões e ligamentos.
Em muitas práticas religiosas é comum o ato de ‘dobrar os joelhos’ para se conectar com o Todo.  No inconsciente coletivo da humanidade eles são o arquétipo que representa o suporte do crescimento espiritual. 
POSIÇÃO 11 - 12
O tornozelo também tem as conotações supracitadas. Os pés representam nossa ligação com a terra, “estar com os pés no chão”. Segurança emocional, certeza do objetivo, habilidade e firmeza para seguir seu próprio caminho de crescimento pessoal. Auxilia a dissolver bloqueios nos relacionamentos.
Todas as posições de pernas e pés auxiliam no retorno da circulação sanguínea diminuindo a inchação causada por retenção de líquido. Para que se verifique de fato o resultado é necessário que você diminua o consumo de sal cozinhando todos os alimentos sem o mesmo e adicionando no máximo 2 mg a cada refeição.  Consulte o seu médico sobre uma unidade de medida. 
POSIÇÃO 13 - 14
As solas dos pés possuem uma importância equivalente a palma das mãos e cabeça. Nelas estão todos os pontos correspondentes aos órgãos, vísceras e funções psicofisiológicas abordados pelas técnicas de Acupuntura e Reflexologia, servindo deste modo como mapa do corpo inteiro.
Promove o aterramento da energia sutil e descarrega a eletricidade estática. Traz a pessoa de volta para a realidade.


 
Aquele que trabalha com as mãos é um artesão!
Aquele que trabalha com a mente é um sábio!
Aquele que trabalha com a inspiração é um artista!
Aquele que trabalha com a técnica é um profissional!
Aquele que trabalha com a intuição é um místico!
Aquele que trabalha com o coração é um espiritualista!
Aquele que trabalha com as mãos, mente, inspiração, técnica,
Intuição e com o coração é um terapeuta reikiano! 

(Autor Desconhecido). 

segunda-feira, 15 de julho de 2013

OS SÍMBOLOS USADOS NA TERAPIA REIKI by @rodrigodorje

OS SÍMBOLOS USADOS NO REIKI
 
     Quanto aos símbolos usados em Reiki, hoje podem ser encontrados muitos no mercado, vendidos no varejo ou atacado, agregados a dezenas de traduções, promessas, significados e muitas coisas sem sentido. Fique atento, pois pode haver até promoção! Compre seis e leve meia dúzia! rsrsrs 
     Sobre os ideogramas escritos por Usui, apenas três são de fato kanji, no entanto a escrita dois creio que esteja incorreta, bem como o seu significado, pois sendo passados de mestre a discípulo como quem brinca de “telefone sem fio”, foi sendo perdida a forma original ao longo dos anos. O fator que contribuiu para essa perda gráfica foi a alegação de que os símbolos são sagrados e secretos, deste modo os alunos não podiam levar cópias dos desenhos para casa, apenas o que conseguissem reter na memória. 
     O entendimento alcançado pela meditação sobre os símbolos é  verdadeiramente sagrado; os resultados de sua prática interna é que devem ser mantidos em segredo, pois quando falamos com pessoas sobre experiências sutis sem que estas estejam afeitas ao assunto, perdemos a energia da concentração meditativa e sofremos as interferências do meio ambiente.  O terapeuta reikiano precisa estar harmonioso, sábio como o bambu, silencioso e receptivo; é preciso que tenha criado à sua volta uma atmosfera suave e estável, de modo possa tocar os outros seres e harmonizar sua energia conturbada.
       De resto, símbolos são apenas símbolos!  Simbolizam algo no plano das concepções mentais que temos que penetrar conscientemente, podem ser usados como objeto para obter a concentração meditativa e até mesmo agregarem ao seu redor uma grande quantidade de energia. Podem ser usados pra lhe conectar com a fonte dessa energia.  Usados como amuletos, logotipos e muito mais.  Podem se transformar em sons... sílabas-semente de grandes realizações espirituais. Eles podem indicar um caminho, uma flecha, uma reta, uma meta...  Mas tudo isso são apenas concepções mentais.   Se Reiki e meditação funcionam ou não, depende de como transformamos a mente e pacificamos nossos elementos internos e externos.  Sem transformar a mente obscurecida pelos apegos e desejos não haverá símbolo que possa lhe conferir saúde e prosperidade. 
     Na Escola Tradicional os símbolos são ensinados apenas no nível dois, prefiro transmitir o primeiro deles no nível I, com a grafia ‘popular’ e a grafia correta; use o que preferir.
     . Os símbolos Cho Ku Rei e Ra Ku kei, não são kanjis, katakanas ou hiraganas, mas ainda sim são ideogramas no sentido literal da palavra e possuem um significado claro no idioma japonês. O estudo do idioma clareou para mim o que de fato são os kanjis que aprendemos no Reiki.  
     Diz-se que na Escola de Usui a iniciação Tradicional era dada somente a uma das mãos no nível I e apenas o primeiro símbolo, o  CHOKU REI, era colocado nos canais do iniciado não sendo a forma do mesmo revelada até o nível II. No segundo nível seriam transmitidos os dois símbolos restantes, Sei Iki e Hon Sha Zê Sho Nem, bem como a grafia e significado dos três.  Eu preferi iniciar os comentários sobre o  Choku Rei no nível um e dar iniciação nas duas mãos conforme aprendi em outras escolas de Reiki.   
     Tenho ouvido boas traduções do sentido e grafia de Choku Rei uma delas é “eu peço e comando que a energia venha até minhas mãos e flua para onde seja necessário”, outras dizem coisas como “ascenda o interruptor!”, “faça-se a luz!”,  e afirmam que o símbolo e  a repetição do nome são uma chave que liga e desliga o fluxo de energia.  A motivação está correta mas a interpretação é bem mais abrangente. Partiremos da sua forma gráfica tradicioanal, composta por um traço horizontal na parte superior, assim como no idioma tibetano e sânscrito as letras são encimadas por esse traço, em Choku Rei ele também representa o Trono da Divindade, e tudo o que está acima dessa linha pertence ao sagrado ou divino. A linha vertical,que pende em 90º na extremidade da anterior, representa a descida dessa energia divina até os planos de energia mais densas, e a espiral em sentido anti-horário da base da linha vertical  de fora para o centro, representa essa energia permeando o sistema de chakras e corpos sutis dos seres. Isso está em acordo com a tradução literal e análise do kanji  choku rei, composto por dois ideoagramas em que Choku significa  “direto” e Rei significa “espírito”, Compaixão Universal, ausência de existência inerente de todos os fenômenos, Vacuidade de seres e objetos.
     Traduza como “Espírito Direto” aqui e agora.  A ausência total de ego. Um não-eu, uma mente de paz que irradia luz e harmonia para todos os seres.  Uma mente amorosa que irradia bênçãos e vitalidade.
     Um grande amigo e mestre em Reiki usou a seguinte definição para choku rei onde a palavra é escrita em três sílabas como conhecido tradicionalmente:
     Cho: espada curva, de samurai
     Ku: integrando, penetrando, tornando inteiro, preenchendo o vazio
     Rei: espírito transcendente, poder misterioso, essência universal cósmica.
     “Espada curva preenchendo a essência e penetrando com poder misterioso.” 
     Eu ainda sugiro uma outra hipótese, se o Reiki tem de fato uma ligação com a cultura tibetana, devemos atentar para alguns sons e palavras como Cho que significa Dharma ou Verdade Última, Ku significa  corpo, não sei se Rei tem maior relevância em tibetano mas poderíamos conceber a ideia de que esse Rei misterioso que flui por nosso corpo e mãos é um “Corpo de Manisfestação da Verdade Última”, uma freqüência da energia da totalidade com a qual podemos nos relacionar, interagir e compreender. É a parte tangível do que podemos entender em Reiki do ponto de vista de nossas concepções mentais e pensamentos usuais; a parte interna de Reiki só pode ser compreendida com uma nova forma de pensar, de conceber o universo e os seres dentro dele, é preciso gerar na mente uma especial sabedoria que perceba a interdependência do universo e seus seres, reconhecendo o processo de criação de causas e condições (karma) para se ter saúde ou desarmonia além de fornecer os meios para cessar a produção de karma negativo e seus efeitos.
      Tradução dos Símbolos Reiki do japonês para o entendimento budista.
choku = direto, rei = espírito > chokurei = espírito direto
sei = lugar , iki purificação ou lugar do arco , mira > saheki = purificação no alvo interno com direção precisa – tigle.
hon = origem, sha = deus, zhe = isto é, sho = correto, nem = principio ou motivação > isto é a motivação correta da origem divina
dai = grande, ko = luz, miyo = sol e lua > a clara luz sem dualidade das bodhicittas unidas= êxtase e vacuidade
om sho = forma do som, vacuidade é forma e forma é vacuidade
ho ko ta = dignidade, vem de hoko hen = armadura de samurai = dignidade concedida pelo uso dos mandalas interno, externo e
secreto.
raku = caixa ou forma e kei alegria = forma da alegria = êxtase espontâneo.
_______________
pesquisa e adaptação de 7 anos de rodrigo rinchen e ashu dechen, com a colaboração de Hiroko Mochizuki – Instituto Kumon de Língua Japonesa, para o benefício de todos os reikianos budistas e todos os seres.
Permissão de uso mantendo os créditos.

sábado, 13 de abril de 2013

Terapia Reiki entra nos hospitais e tem CBO próprio.





REIKI NOS HOSPITAIS

O Ministério do Trabalho, no Brasil, reconheceu o Reiki como profissão isolada, enquadrado dentro das atividades de práticas integrativas e complementares em saúde humana, recebendo o código 8690-9/01 da CONCLA (Comissão Nacional de Classificação), órgão responsável pela classificação de profissões e ligado ao Ministério do Trabalho e ao IBGE. Sou médico há 17 anos, formado pela Faculdade de Ciências Médicas da UERJ. (...). Trabalho no Hospital Pedro Ernesto (HUPE), também na UERJ. Sou lotado na Disciplina de Medicina Integral da FCM (...)....de uma maneira inesperada encontrei o Reiki.Desde então, tenho acesso a um poderoso instrumento de cura que uso associado aos meus conhecimentos médicos .


No Brasil : Grupo Hospitalar Conceição - RS, conta com voluntários aplicadores de Reiki. Os voluntários atuam na Emergência, Acolhimento, Grupo do Câncer de Mama, Alívio da Dor, assistência espiritual, visitação aos leitos, Banco de Sangue, Hemodiálise, Unidade de Atenção ao Adolescente, Central do Voluntariado, Centro de Atenção Psicossocial Adulto e Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas. Centro Infantil Boldrini –

Campinas,SP – www.boldrini.org.br/site/como_voluntariado.asp - Terapias de suporte. Objetivo Central: oferecer aos pacientes internados no Centro Infantil Boldrini a Terapia de Suporte REIKI; oferecer relaxamento e bem-estar aos pacientes internados e/ou seus acompanhantes, através da aplicação da Terapia Reiki, sempre que eles aceitem e solicitem seu atendimento. Início em 2002, dentro do programa de Cuidados Paliativos, como Terapia Complementar. Posteriormente sua atuação foi ampliada para todos os pacientes do Hospital. Atuação nos leitos da Internação, UTI e TMO e na recepção do Hospital. Horário: das 9h às 19h, todos os dias da semana. Pré-requisito: ter 24 anos e formação em REIKI certificada. Cidade Universitária - Campinas – SP Outros serviços: promoção de cursos para formação em Reiki, em parceria com o IPEB; promoção de cursos de atualização para voluntários ativos.

Departamento de Enfermagem da Universidade Federal de Pernambuco - consultório onde a comunidade pode receber atendimento a preço popular, com direito a anamnese e acompanhamento. Mato Grosso do Sul:http://www.agorams.com.br/index.php?ver=ler&id=113342 - A Secretaria Municipal de Saúde está iniciando o processo para implantação da Terapia Reiki no Sistema Único de Saúde (SUS). No dia 26 de outubro, acontece na Fazenda São Jorge, no Sidharte Lua (Espaço Reiki), um encontro com profissionais de saúde de nível superior da Rede Municipal de Saúde. Hosp.Santa Izabel - Bahia –
www.correiodabahia.com.br/aquisalvador/noticia.asp?codigo=133291

Profissionais do Hospital Santa Izabel usam técnica oriental para reduzir tempo de internação Mariana Rios Além de exames e medicamentos, as mãos. É o que médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e assistentes sociais de uma instituição hospitalar centenária estão aprendendo através do reiki – técnica de aplicação de energia baseado na medicina oriental. A disposição das mãos sobre certos pontos do corpo de pacientes proporciona bem-estar, relaxamento, autoconfiança e alívio para a dor. Ontem, quando completou 114 anos, o Hospital Santa Izabel oficializou a prática do método nas unidades de atendimentos e também entre os funcionários. Os benefícios de um programa iniciado por voluntários há um ano estimularam a adoção da técnica como terapia complementar, baseada no desbloqueio de campos energéticos para facilitar a cura. Da unidade de oncologia pediátrica, a idéia se espalhou para todo o hospital, com o objetivo final de reduzir o tempo de internação. Foram capacitados 18 profissionais, que concluíram o curso de formação em dezembro de 2006, e estão em ação no hospital.

"Os profissionais têm reconhecidos os benefícios da técnica, que consiste na aplicação de energia através da imposição das mãos", explicou a médica Maria de Fátima Freira, que coordena o serviço de nutrição enteral e parenteral do hospital. Reconhecido pelas Organização Mundial de Saúde (OMS) e Organização das Nações Unidas (ONU), o método foi oficialmente apresentado durante o Encontro de Práticas para Saúde Integral. No hospital, cerca de 60% dos pacientes aceitam a prática com bons resultados.
Qualquer paciente pode se submeter ao tratamento, já oferecido nas unidades de terapia intensiva (UTI) e apartamentos para diminuir a ansiedade. Similar ao que acontece na acupuntura – mas sem a ajuda das agulhas, o reiki possibilitaria a passagem da energia vital nos meridianos do corpo humano. Num ambiente tão cientificista, a técnica enfrenta resistência, como na sociedade em geral, em razão do desconhecimento da medicina oriental, que tem o equilíbrio da energia vital em sua base. "É uma mudança de foco de visão. Estamos intervindo para melhoria da qualidade de vida e do relacionamento pessoal", ratificou Maria de Fátima, pontuando que o método não é utilizado como único agente de cura. A psicóloga voluntária Renata Sims Coan – que iniciou o projeto pioneiro na unidade junto à unidade de onco-hematologia pediátrica Erik Loeff – comemora a expansão para outros hospitais da cidade. Ela conta que foram observados nos pacientes infantis relaxamento, mudança de humor, além de melhora na alimentação e no sono. "Procuramos falar numa linguagem bem clara para os pais sobre o que estávamos propondo: passar energia pelas mãos para proporcionar sensação de bem-estar, sem cunho religioso. Além do Santa Izabel, o São Rafael e o Aristides Maltez mostraram interesse na terapia complementar", contou Renata. O atendimento é individual e realizado no leito. Acompanhantes e pais, e mesmo pacientes, que podem se auto-aplicar, se mostraram interessados em também aprender a técnica e receberam treinamento gratuito dos voluntários.

Do Mural (Reiki Belo Horizonte)




--
Ivy Francis
Kechara Guest House
Búzios

quinta-feira, 28 de março de 2013

Campanha de Pascoa 2013: SUCESSO!

AGRADECEMOS A GENEROSIDADE DOS PADRINHOS E MADRINHAS

QUE FIZERAM A DIFERENÇA NAS VIDAS DOS PEQUENINOS DA CRECHE PEDRO RICHARD

ALEGRANDO A PÁSCOA COM O CARINHO DE CUP CAKE DE BETERRABA COM CACAU,

PARQUINHO COM GANGORRA DE TIGRE E DE MINHOCA,

VELOTROL, MOTINHO, BRINQUEDOS DE MONTAR,

OVO DE CHOCOLATE, BRINQUEDO, SACHET DE LEITE EM PÓ E ALIMENTO

mostrando que se importam...

- PARABENS AOS ENVOLVIDOS!!!

TODOS os BENEFICIARIOS agradecem com um sorriso de Alegria!

AGRADECIMENTOS ESPECIAIS AOS PADRINHOS:

Belmiro Novello,

Margarida Autran,

Sandra Burle-Marx Smith,

Katherine Guttierrez,

Andrea Karateca,

Fernanda Fernandes,

Suely e Teresinha Ricciotti,

Jorge - pai da ANITA,

Prof. J. Miranda,

Luiz Henrique Bellini,

aos Alunos da Graduação em Marketing

e `a vc

pela generosidade, Ação Social e Solidariedade Fraterna!

#Exito nos seus Projetos!!!

FONTE: www.larpedrorichard.com.br/instalacoes.html

CNPJ: Banco Bradesco - Agencia: 2728-6 Praça Seca: CRECHE PEDRO RICHARD:

Deposito Identificado. Conta Corrente: 18366-0.

CNPJ: 42244293/0001-00.

Contato: Profa. Lizete - Diretora da Creche.

Contato: 21-2450-3697

domingo, 24 de março de 2013

Postagens populares

Fechar

Quer ganhar um dinheiro extra?

Parceiros e Amigos: