Pesquisar neste blog

quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

CONDUZINDO UMA SESSÃO TERAPEUTICA

Devemos ter em mente que o objetivo de uma sessão de Reiki não deve ser apenas minimizar temporariamente o sofrimento dos seres e sim encontrar uma solução para erradicar a causa dos sofrimentos. Sabemos que a única forma de transformar as causas raízes é através do processo de Iluminação da mente e crescimento pessoal como o proposto pelos ensinamentos do Buddha e de Jesus.
Impor as Mãos para tratar alguém, deve ser uma atitude motivada pela compaixão e o desejo de libertar todos os seres das causas de seus sofrimentos, o que é em outras palavras, um puro gesto de Amor. Segue abaixo alguns procedimentos para uma boa pratica em Reiki.
• O local de atendimento deve ser arejado, limpo e confortável, de preferência sem carpete. Evite velas, incensos, fotos de santos, anjos ou mestres espirituais. Afinal muitas pessoas são sensíveis ao cheiro e não sendo o Reiki ligado a nenhuma religião não devemos influenciar o sistema de crenças do cliente.

• A luz deve estar baixa, prefira um abajur ou use cortinas semitransparentes.

• Uma música suave irá favorecer o relaxamento. Existem cd’s para Reiki em que as faixas têm intervalos de três em três minutos, o que ajuda no controle do tempo da sessão sem que você se preocupe com o relógio.

• Utilize uma maca, divã ou cadeira confortável para o cliente e para o terapeuta, pois você terá que percorrer ao redor do cliente ao mudar as posições, podendo permanecer em pé ou sentado durante a aplicação.

• É recomendável ter um lençol disponível, para o caso de o cliente sentir frio.

• Retire todos os anéis, jóias e metais do corpo.

• Lave as mãos em água corrente antes e depois do tratamento (até os cotovelos).

• Escove os dentes e enxágüe bem a boca.

• Oriente o cliente a retirar seus sapatos, metais, cintos, excesso de roupa, ou algo que possa incomodá-lo.

• Peça ao cliente que se deite de barriga para cima com os braços relaxados próximos ao corpo ou de acordo com o bem-estar do mesmo. Esta posição pode ser seguida também com o cliente de bruços.


• Purifique o ambiente visualizando a Energia Vital permeando todas as coisas e iluminando cada partícula de matéria. Imagine que tudo se torna transparente como um cristal.

• Certifique-se de que não há corrente de ar sobre o cliente.

• Explique ao mesmo os procedimentos que serão efetuados (se ele será tocado ou não).

• Reiki passa através de roupas, bandagens, gessos, metais, etc., porém o transmissor e o receptor devem estar bem aquecidos, sem cinto e utilizando roupas confortáveis de preferência em uma tonalidade clara.

• O cliente deve ser orientado a não cruzar as pernas e os braços.

• Em caso de queimaduras aplique o Reiki a uma distância de três centímetros aproximadamente.

• Mantenha seus dedos unidos e a mão em forma de “concha”.

• Permaneça em cada posição de 1 a 3 minutos ou o tempo de uma respiração.

• Procure fazer todas as posições básicas, mas se pular ou esquecer alguma não se preocupe com a ordem, retorne e complete o que for necessário seguindo sempre sua intuição e orientação interior.

• O tratamento deve ter no mínimo três sessões que durem pelo menos uma hora. Após realizar todas as posições básicas, dedique cerca de 10 a 20 minutos para as áreas mais problemáticas.

• Pessoas idosas ou portadores de doenças crônicas não devem se submeter a sessões superiores a 30 minutos, com o passar do tempo pode-se aumentar a duração do tratamento gradativamente de acordo com a necessidade.

• Crianças pequenas e recém-nascidas necessitam de no máximo 30 minutos.

O transmissor poderá ter nas palmas das mãos sensações de calor, frio ou formigamento. Isto é normal e serve como indicação das áreas comprometidas. Também poderá sentir o corpo sacudir, como se houvesse uma descarga elétrica, calor intenso ou leve coceira em partes do corpo ou nele todo. Variações térmicas alternadas em várias partes junto com sonolência e bocejar. Alegria súbita e estados de euforia bem como o oposto. Pressões, ‘pontadas’, visões de luzes multicoloridas e imagens que saltam a mente. Tudo isso é perfeitamente normal e se não sentir nada não se preocupe, a energia está se adaptando as necessidades do indivíduo e agindo numa freqüência sutil que por vezes não conseguimos perceber.

Durante o período de tratamento, recomenda-se ao terapeuta e ao receptor que bebam muito líquido, comam alimentos de origem orgânica quando possível e tomem complementos vitamínicos caso tenham sido recomendados pelo seu médico.

‘Abra’ a conexão com o campo de energia universal utilizando os símbolos, os mantras e a concentração na palma de suas mãos, lembrando-se que o objetivo de canalizar esta energia é libertar todos os seres das causas raízes do sofrimento, sejam físicos, emocionais, mentais ou espirituais; para isso, nada melhor que refletir sobre as entrelinhas da sabedoria manifesta por Buddha Shakyamuni (o príncipe Sidhartha Gautama), ao proferir o ensinamento das Quatro Nobres Verdades. Devemos meditar diariamente sobre estas palavras e aplicar dia a dia o que ensina “A Nobreza das Verdades”.

Postagens populares

Fechar

Quer ganhar um dinheiro extra?

Parceiros e Amigos: